sábado, 14 de novembro de 2009

IV Litoral Loud Rock



foto: Maria

É o seguinte...
No ultimo domingo, dia 08 de novembro, houve em Caraguatatuba, Litoral Norte do estado de São Paulo, terra desse que vos fala, o IV Litoral Loud Rock. Como havia participado do III evento e ,conhecendo o organizador, sabia da qualidade, seja operacional ou musical do que estaria por vir. Mas eu tinha algo que colocava este como um de meus melhores momentos a serem vivenciados. Seria o primeiro show de minha pequena. Até então minha filha só tinha a referência dos shows que eu tinha visto. Ela sabia toda a teoria da magica de um Live, mas somente a teoria.
Não estávamos nem de longe, preparados para o evento. Minha milady Eslpeth e eu nunca havíamos, também, juntos compartilhados de um show ao vivo.
Mas até então, só expectativas.
Eis que se iniciava o IV Litoral Loud Rock.
foto: Maria

A primeira banda a se apresentar, a qual já sabíamos de antemão, levava nos flyers o rótulo de Metal Melódico. Chegamos sem nos importar com o som pois não somos ,em casa, entusiastas do estilo. Provando que toda unanimidade é burra, o AngelSpell de São Sebastião, levou-nos pelos ouvidos e olhos. Uma banda de garotos mas com uma profissionalidade ímpar. Uma apresentação que nos chamou a atenção quase que de imediato. Uma vocal que faz jus ao nome da banda , banda essa que trouxe em seu set list técnica e competência sem querer provar nada a ninguém. A "firula" típica do melódico foi deixada de lado, em nome de um som de qualidade. Desnecessário mas oportuno citar que se tornaram xodós da casa, mesmo pela delicadeza da vocalista em posar para uma foto com minha guria!
foto retirada o orkut "Litoral Loud Rock"

foto: Maria

Maria e Thayris Marcondes



Após alguns tropeços, mas essa é minha opinião, afinal de contas esse Farol aponta somente pra onde quero, faço um salto quântico, pois após o AngelSpell, pouco se aproveitou.

Salto esse que cai de cara na bordoada sonora do Ancesttral, thrash metal atualizado de São Paulo. Sabia sobre os vocais que se assemelhavam impressionantemente com James Hetfield e que entraram na última hora devido a um problema de saúde da banda originalmente convidada. Esses eram os elementos que eu, milady Elspeth e minha filha levamos.
Foi como um soco na minha orelha quando , utilizando minha pouco conhecida capacidade de visão periférica pude observar que, minha meta nessa vida foi colocada em execução por esses ilustres convidados. Ao meu lado, milady BANGEAVA!! Doze longos anos de minha vida com o intuito mór de fazê-la "bater cabeça" foram ministrados numa dose cavalar em poucos minutos da primeira musica.
Lembra Hetfield? Lembra Metallica? Até lembra. Mas lembra muito mais Ancesttral, acima de qualquer coisa. Qualidade sonora com peso, energia,carisma e muita porrada! Um cover ,quase que desnecessário, do Torture Squad, só mostrava a capacidade de execução sobre o palco. Eles tem munição suficiente para levantar qualquer público abaixo dos 150 anos e com tetraplegia leve. Fica ai outra dica e o meu muito obrigado ao carinho que foi dado a minha filha , segundos após o show, posando para mais um trecho de sua historia.
fotos: Maria


Renato Canonico, André Moreira, Maria, Leonardo Brito e Alexandre Grunheidt

site oficial: http://www.ancesttral.com
blog oficial - http://thefamousunknown.blogspot.com
myspace - http://www.myspace.com/ancesttral
fotolog oficial - http://www.fotolog.com/ancesttral
comunidade no orkut - http://www.orkut.com/community.aspx?cmm=7375697
facebook: http://www.facebook.com/pages/Ancesttral/114881359304
twitter: http://www.twitter.com/ancesttral

...um breve salto, afinal, esse catzo aqui tem um dono ,rs!...

"Nós somos o FORKA!" disse Ronaldo, vocalista da banda de thrash metal de São Bernardo do Campo. Dai pra frente o que se viu foi selvageria. Os que resistiram bravamente até essa banda, tiveram sua condição física posto à prova. Mais um massacre sonoro com velocidade somada a cadências mais ritmadas de peso e fúria. Do baterista até o frontman, era visível( e pra mim o mais necessário dos itens de um show), que a banda se divertia no palco. Nada de parecer mal só pra falar que foi deserdado pela mãe por mal-comportamento. Foram
de uma integração com o público sem precedentes. E interação. Numa simulação de Exôdo, capítulo 14-versículo 21, até mesmo a ala atéia pode provar como se sentiu o Faraó e sua galera.
Cover do Sepultura foi ótimo mas o de Raining Blood do Slayer foi uma marretada, seja pela perfeita execução seja por ver que milady novamente bangeava colocando meu coração numa bandeja. Já foram conquistados duas vezes pela mesma pessoa? E duas vezes no mesmo dia? Pois é...Não acontece todo dia!
Obrigado a todo o FORKA pelo domingo matador e também pelo carinho , respeito e atenção com minha pequena, assinado um capítulo a mais no histórico dia de um pai e sua filha!
fotos: Maria

Ronaldo Coelho, Rodolfo Salviato, Yasmim, Maria, The Unabomber(penetra), Samuel Dias e Ricardo Dickoff

Ronaldo Coelho, Maria e Alan Moura
MYSPACE www.myspace.com/forkametal
YOUTUBE http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=1017710&tid=2580468453813418980&start=1
TWITTER www.twitter.com/forkametal
Fotolog www.fotolog.com/forkametal


...outro salto se faz necessário, ao menos pra mim...


Chegam os corvos, headliners do show. RavenLand, banda paulistana de Gothic Metal. De início pensei que iria ver algum cover de Evanescence ou afins. Mas com um ar soturno, couro, fumaça e muito profissionalismo novamente fomos surpreendidos. Numa surreal atmosfera gótica oitentista, mas de extrema atualidade, a RavenLand trouxe nos vocais a suavidade da voz feminina de Camilla somado a um vocalista, WolfHeart, grave, em voz e atitude, remetendo a voz de Andrew Eldritch incorporado em Blaze Bailey. A vocalista conquista a todos a sua frente abrindo caminho para a poderosa voz masculina tendo como alicerce um instrumental de qualidade técnica-musical de arena e um tecladista hiperativo,rs!
Como uma única peça, a banda trabalha em sintonia com o público, trazendo peso e técnica num estilo conhecido por sua melancolia. Foi a ultima coisa que se viu por lá. Aliás a ultima coisa que se viu foi o inusitado cover de Enter Sandman com o vocalista/guitarrista do Ancestrall, Alexandre Grunheidt, numa jam session beirando o informal.
A todos ,novamente o meu obrigado por serem tão gentis na foto e na atenção nos autógrafos no poster de minha guria!
foto: Maria

foto retirada do orkut Litoral Loud


da esquerda para direita:Dewindson WolfHeart, Camilla, Maria, Fermann , Banes, Tropz .

SITE OFICIAL:WWW.RAVENLAND.NET
MP3 DO EP "BACK":WWW.MYSPACE.COM/RAVENLAND
CANAL NO YOUTUBE:WWW.YOUTUBE.COM/RAVENLANDCHANNEL


Parafraseando o Chicó de Ariano Suassuna:
"Só sei que foi assim!"
É óbvio que a crítica musical não é a mais amada das profissões e falam quase o mesmo que muitos proctologistas e ambos não são minha praia. E além do que, jamais foi minha pretensão ou de meu Farol.
Mas sei muito sobre o que gosto. Posso nem sempre saber o porquê, mas sempre do que e quem.
Foi mágico para mim bater cabeça com minha filha ao som desses ilustres visitantes. Senti-me em casa( com excessão da falta da vassoura, minha eterna guitarra,aliás, pra um baterista frustrado meia vassoura basta!).
Estar ao lado de minha amada ( te amo muito, minha bruxinha) foi quase que metafísico as emoções que senti nesse dia. E é uma comodidade sem par conhecer a pessoa mais envolvida nesse espetáculo.
Mas ao senhor Nikki Leite, o homen por trás ( no bom sentido) do Litoral Loud Rock fica eterna gratidão do guardião desse Farol. Milady Eslpeth não se cansa de me chamar a atenção para a maravilhosa energia que a esse cara retorna exatamente por domingos como esse. Toda a vibração de uma galera, que é bem pouco respeitada por nossos edis, a atenção, respeito e diversão esperada durante o ano todo e recebida durante o evento deve retornar como energia positiva a esse que merece muito . Nossos bangers precisam desse incentivo, até mesmo para figurar entre os convidados num próximo evento. As bandas e mesmo a cena do metal recebem o espaço para divulgarem seus trabalhos reforçando um cenário que tende a fraquejar devido a manipulação midiática. E ainda por cima, público, bandas e o tovarish Nikki nesse evento ajudaram a ACC-Associação de Combate ao Cancêr(*) com doações tão necessárias, enquanto o poder público e a iniciativa privada os deixa à deriva.
Nikki, isso voltará pra você em forma de energia tão forte, capaz de manter, senão uma cidade iluminada, todo o seu universo particular assim como todos os que o cercam.
Parabéns cara! É uma honra figurar entre os que muito aprenderam com você. Principalmente nos idos dos 80!
E Hudson. És lenda e sabe disso cara!

Nikki Leite (1tonelada de biceps), Hudson (1000toneladas de metal) e Maria (100% Rock´N`Roll)
Foto: Joe Barbara

Nikki Leite, Hudson e "The Unabomber"( Joe Barbara)
foto: Elspeth

O Litoral Loud Rock, acredito que pesquisas futuras irão provar,esticou a falha de San Andreas até Caraguatatuba.

Tenha uma segunda opinião visite e deixe seu comentário em: http://ladyelspeth.blogspot.com


(*)A ACCC fica na Avenida Maranhão, nº 107, no Jardim Primavera,em Caraguatatuba. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3881-2556. Sejamos mais solidários.

sábado, 31 de outubro de 2009

Prêmio ao Esforço Pessoal 2009


O "Um Farol" (entre outros) foi indicado pela srta Mary , do blog"O Estranho Mundo de Mary, ao "Prêmio ao Esforço Pessoal 2009", no dia 15 de setembro desse ano.Senti-me honrado pela lembrança, e chateado comigo mesmo por não estar dedicando algum tempo a mais para o Farol e para os amigos que esse blog me trouxe. Mas ser citado pelo "Estranho Mundo", orquestrado com excêlencia pela srta. Mary e o tovarish HellRaiser é sinal de que vale a pena manter a chama acesa. Agradeço embevecido em minha humilde vaidade (rs!).
Obrigado srta Mary e camarada HellRaiser! ! !
Mantendo a corrente pra frente(rs!) gostaria de indicar ao prêmio, e principalmente, para uma visita aos que por essas paragens passarem, os seguintes blogs:


Lady Evil

Sob a batuta de uma pessoa, que no meu ambiente pessoal enche minha vida de força e amor incondicional, que com esse blog divide o seu melhor entre visões metafísicas, devaneios oitentistas, denúncias, ativismo ferrenho, devoção ao místico seja oculto ou tangível numa linha que prima mais pela sinceridade do que pelo apelo conformista de provar pontos de vista. Faz do blog sua 25ª hora, aquela onde ela é só ela mesma.

Obrigado Mylady Elspeth por extrair de mim o meu melhor!



Lady Mary Scarlett

Uma novata nesse universo blogueiro, mas por seu interesse merece esse prêmio exatamente pelo nome que ele carrega. Em seu esforço em não querer ser uma cópia do que tem como referência, esse blog simples, esconde ( sei que por pouco tempo) uma guria que trouxe vida plena para meu castelo. Gosto ela não discute, talvez por gostar de quase tudo(rs!), e quer deixar sua marca, aos 11 anos, para si mesma. O mundo será consequência !

Obrigado srta Nikita Barbara por ser quem é e não o que querem que seja!( e vai já estudar e escovar os dentes!).



Brabera no Talo!

Um grande blog, principalmente por ter sido o primeiro com o qual me envolvi e onde entendi esse universo blogueiro.Lugar onde quase destruí meu HD de tanto encontrar clássicos que me quebram a cervical até hoje e gratas novidades.Especializado em tudo dentro da boa e velha tradição de esmaga ossos e todas as suas ramificações seja Thrash-Death - Grind - HardCore -Pré-Punk - e o que mais extrair sangue de speakers. E principalmente pela excelente grade de administradores.

Obrigado BlackHammet e Ruptured por me aturarem tanto e pelo apoio.




Atitude Underground ( e todos as variantes!)

Esse é o exemplo que devemos nos espelhar, mas só se tivermos muito folêgo e depois de muito aquecimento, senão é cãimbra na certa!
Saca só a sequência de nosso poli-atleta dos blogs:
"A Ferro e Fogo"
"Raridades"
"Atitude Classic Rock"
"Atitude Fanzine"
"Atitude Metal is Forever"
"Atitude Underground Bebedouro"
"Atitude Punk Rock"
"Atitude Opinião"
Esse Hércules do mundo virtual, em homérica batalha contra o tempo consegue manter atualizado álbuns clássicos fazendo H. G. Wells ter seu sono perturbado por não ter pensado em viagens no tempo mais eficaz! Indispensável para quem quer conhecer de onde viemos. Na fase "Tenha uma base sólida e alicerce poderoso" "Atitude Fanzine", "Atitude Metal is Forever" e "Atitude Underground Bebedouro" com classic rock e o "modus operandi" de tudo que se pode fazer para alterar os planos dos vizinhos em morarem perto de você. De Sabbath a Zeppelin desaguando em Napalm Death até DarkThorne entremeado com entrevistas opiniões e humor. Tem o espaço pra turminha batuta das botinas e moicanos e até mesmo para os frequentadores daquele barzinho simples com gente interessante que alguns temem entrar com medo dos amigos radicais-xiitas, mas onde rola exatamente comentários sobre as postagens onde a idéia e opinião se cruzam. E como um cara desses não poderia deixar de lado, até mesmo porque é um dos pilares, o Metal Nacional tratado com profissionalismo.

Obrigado Professor Paulão por nos guiar por essas trilhas sonoras .



GanjaCore Blog

O camarada Ganja mantém um dos blogs mais verdadeiros que conheço. Com uma variedade de estilos entre no quesito "tunel do tempo" e "O Exterminado do Presente" com classicos obrigatorios, demos desconhecidas até mesmo por quem as produziu e um dos álbuns de fotos mais invejados da web. Tudo recheado de opiniões diretas e informações sobre o que há e o que houve dentro do cenário brasileiro e internacional com testemunhos in loco por correspondentese colaboradores.

Obrigado Ganja por meu primeiro download do Rush !




Parasita Files

Junto com o Brabera e o Ganjacore , esse blog me fez lembrar de como era bom se arrebentar de skate e de como ainda tem mais gente que sobreviveu. Crossover a granel, thrash de assustar sr M.Muir, tudo o que não poderia faltar numa boa festa! Blog para aqueles cujo joelhos, cotovelos e claviculas entravam em desleal luta contra o asfalto!

Obrigado Fabio Pac-Mac e XSamuelX.



Esses foram meus elementos básicos, tanto para iniciar o projeto "Um Farol" como para continuar a conectar-me com vida inteligente na rede e basicamente minha rota principal quando a conexão não da "pau".
À todos os que administram os blogs citados aqui e os que passarem por essa postagem o meu muito obrigado por serem musas desse humilde casebre iluminado por misantropia e uma parca idéia de quem eu sou e a duvida constante sobre qual foi o lampêjo inicial do cara que inventou o abridor de latas.
Se você que estiver lendo essas bem traçadas linhas( graças ao HTML do Blogger) comunique-se , pois links nessa postagem não faltam. Da política à metafísica passando por tendências metálicas de ontem, de hoje e as que a Deus pertence durante um post sobre a lanterna do brasileirão sobra tempo pra trocar receitas culinárias no chat enquanto assina uma petição por uma causa justa

E aos aqui citados, não quebrem a corrente, pois o ultimo blogueiro utiliza até agora 3 pilhas AAA para que seu rim funcione e só consegue falar por meio de sinais com a orelha(*).


(*)Não é provado se é realmente uma tentativa de comunicação ou se o indivíduo tem uma terrível coceira na orelha esquerda, mas maldição é maldição!

domingo, 4 de outubro de 2009

Movendo-se para Mover um Movimento.



Tem gente se movendo.
Quer você goste ou goste de achar que não.
Joe "the Unabomber"Barbara


Tem sim, gente se movendo.
Tem sim, gente indignada se movendo.
Tem sim, gente simples se movendo.
Tem sim, trabalhadores se movendo.
Tem sim, desempregados se movendo
Tem sim, gente que tem uma vida abastada e tranquila se movendo.
Tem sim, mulheres se movendo.
Tem sim, homens se movendo.
Tem sim, crianças se movendo.
Tem sim, idosos se movendo.
Tem sim,jovens se movendo.

Gente.
Afinal esse mundo é feito de que.
Somos a tal raça dotada de inteligencia e um polegar.

Já matamos po água.
Já matamos por fome.
Já matamos por terras.
Já matamos por tênis.
Já matamos po pedras.
Já matamos por amor.
Já matamos por ciúmes.
Já matamos por dinheiro.
Já matamos por lazer.
Já matamos por ganância.
Já matamos por prazer
Já matamos por ódio.
Já matamos por tédio.
Já matamos por Deus.

Conheço minha fraqueza por utopias.
Mas depois de tanta violência,
acredito que nossa inteligência e polegares,
já mataram o suficiênte.

Já perdemos amigos suficiêntes.
Já perdemos parentes suficiêntes.
Já perdemos amores suficiêntes.
Já perdemos inocência suficiênte.
Já perdemos experiência suficiênte.
Já perdemos membros suficiêntes.
Já perdemos causas suficiêntes.
Já perdemos coisas suficiêntes.
Já perdemos tempo suficiênte.

Façamos de nossas perdas pessoais ou coletivas,
algo que possa, se não visto,
ao menos sentido.
Quando nada mais o fizer.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

7 de Setembro

Saiba mais clicando na imagem acima.







Reconheço o sem número de discrepâncias a respeito desta data e os fatos que a cercam.
Eu disse fatos?
Bem, o que realmente eu gostaria de dizer é que ao menosprezarmos essa data, olhemos primeiramente em volta por alguns segundos para obter a certeza que nenhum octogenário esteja por perto correndo o risco de ser magoado .
Sempre vi essa data como uma forma de salva guardar a memoria já deteriorada e amarelada em fotos e nos frames de antigas filmagens em meio ao caos da guerra esperançosos em jamais se depararem com a inevitável presença da temida "Lurdinha".
Pela pátria ou pelas promessas de um futuro garantido, eles levaram a bandeira, lembrada nas Copas do Mundo e desprezada durante os 4 anos que separam essa competição.
E junto dessa flâmula, levavam esperança a irmãos estrangeiros mostrando ao mundo que fronteiras serviam apenas para criar traços culturais diferentes para que pudéssemos, sempre que distantes de nossa casa, encontrarmos nossos iguais em suas mais complexas e diversificadas diferenças.
Sou um pacifista.
A guerra não me entusiasma.
Mas deitaria todos os dias hipócrita se não tivesse feito a constatação do brio guerreiro de nossos
saudosos pracinhas.
Um feriado a eles não é merecido.
Mas fazer dia útil em nossos livros.
Aos 20.573 que rumaram para Itália.
Aos que tombaram além-mar.
Aos que tombaram na Pátria Amada.
E principalmente aos que tombaram no ostracismo de nossa cultura de TV aos domingos, afogados em macarronadas e declínio do respeito-próprio feminino em canções vazias em seus duplos sentidos engraçadinhos frente a auditórios repletos de macacos falantes.


Canção do Expedicionário

Você sabe de onde eu venho?
Venho do morro, do Engenho,
Das selvas, dos cafezais,
Da boa terra do coco,
Da choupana onde um é pouco,
Dois é bom, três é demais,


Venho das praias sedosas,
Das montanhas alterosas,
Dos pampas, do seringal,
Das margens crespas dos rios,
Dos verdes mares bravios
Da minha terra natal.

Por mais terras que eu percorra,
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá;
Sem que leve por divisa
Esse "V" que simboliza
A vitória que virá:


Nossa vitória final,
Que é a mira do meu fuzil,
A ração do meu bornal,
A água do meu cantil,
As asas do meu ideal,
A glória do meu Brasil.

Eu venho da minha terra,
Da casa branca da serra
E do luar do meu sertão;
Venho da minha Maria
Cujo nome principia
Na palma da minha mão,


Braços mornos de Moema,
Lábios de mel de Iracema
Estendidos para mim.
Ó minha terra querida
Da Senhora Aparecida
E do Senhor do Bonfim!

Por mais terras que eu percorra,
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá;
Sem que leve por divisa
Esse "V" que simboliza
A vitória que virá:


Nossa vitória final,
Que é a mira do meu fuzil,
A ração do meu bornal,
A água do meu cantil,
As asas do meu ideal,
A glória do meu Brasil.
.

Você sabe de onde eu venho?
E de uma Pátria que eu tenho
No bojo do meu violão;
Que de viver em meu peito
Foi até tomando jeito
De um enorme coração.


Deixei lá atrás meu terreiro,
Meu limão, meu limoeiro,
Meu pé de jacarandá,
Minha casa pequenina
Lá no alto da colina,
Onde canta o sabiá.

Por mais terras que eu percorra,
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá;
Sem que leve por divisa
Esse "V" que simboliza
A vitória que virá:


Nossa vitória final,
Que é a mira do meu fuzil,
A ração do meu bornal,
A água do meu cantil,
As asas do meu ideal,
A glória do meu Brasil.

Venho do além desse monte
Que ainda azula o horizonte,
Onde o nosso amor nasceu;
Do rancho que tinha ao lado
Um coqueiro que, coitado,
De saudade já morreu.


Venho do verde mais belo,
Do mais dourado amarelo,
Do azul mais cheio de luz,
Cheio de estrelas prateadas
Que se ajoelham deslumbradas,
Fazendo o sinal da Cruz!

Por mais terras que eu percorra,
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá;
Sem que leve por divisa
Esse "V" que simboliza
A vitória que virá:


Nossa vitória final,
Que é a mira do meu fuzil,
A ração do meu bornal,
A água do meu cantil,
As asas do meu ideal,
A glória do meu Brasil.
.




segunda-feira, 29 de junho de 2009

Jump in the Fire ! ! !


SAKRAMENTO - SHOW EM BEBEDOURO 09 DE JULHO A PARTIR DAS 17H


UMA DAS MAIORES PROMESSAS DO METAL NACIONAL ESTARÁ SE APRESENTANDO DIA 09 DE JULHO (FERIADO NO ESTADO DE SÃO PAULO) NA CONCHA ACÚSTICA DE BEBEDOURO.

NÃO HAVERÁ COBRANÇA DE INGRESSO. PARTICIPE E DIVULGUE O METAL NACIONAL!

HEAVY METAL NA VEIA!

Se o Professor falou é porque tem S.U.Q!
(Selo Unabomber de Qualidade)

sábado, 27 de junho de 2009

Os lamentos do Rei de Copas.


(clique para
ampliar)

A fraqueza parece querer me consumir numa onda de auto flagelo sem antecedentes,
em minha mente.
Talvez por isso parece doer muito mais além do que meu corpo pode suportar.
Mas isso vai além.
Eu já senti essa dor outrora.
Então meu corpo a conhece .

Conhece suas nuances.

Não deveria doer tanto .
Não deveria nem ao menos doer.
Mas parece uma dor nova.
Uma marca nova.
Um novo corte.
Numa pele velha e já calejada.
Cicatrizando em chamas .
Parece que até a cura judia do doente.
Como uma injeção desnecessária.
Um remédio amargo.
Fel .
Ácido.
E cruél.

O dono de todas as curas parece não passar mais.
Parece-me andar para trás.
Andar para a direção dos dias saudáveis de ontem.
Um dia bom.
Quente.
No inverno.
Que vem mostrar ao frio que seus dias não podem durar para sempre.

O sempre que não existe mais.
A vida que mudara de rumo.
Contra a minha vontade .
Contra a minha maré.

O medo da sede.
O medo dá sede.
E isso da medo aos nervos.
O controle nas mãos do sádico infante.
Cuja direta traz a lente .
Aproveitando o morno do sol para incendiar o inseto.

Que no sol do inverno parece padecer .
Na etenidade das horas de dor.
Minutos infinitos.
Segundos perpétuos.

Mas sem queimar até seu fim.

Só sofrendo as dores .
Angustias calmas e sem pressa.
De deixar a pele.
De deixar de existir na pele.
Sem deixar de se sentir na alma.
O calor brando do sol.
No inverno.
Sob a lente.
Ampliando a angústia do que sofre ...
...para a alegria do que assiste.
O pequeno infante ...
...de lupa na mão.

Vejo em mim um sorriso .
Como maldição .
As lagrimas vem e vão,
quase lisergiando a dor,
por saber que minhas púrulas
lhe trazem satisfação.

Sorria sempre...
...e tenha uma excelente madrugada....

domingo, 21 de junho de 2009

Pièce de Résistance !

Um ode à noite mais longa.

Se quiser saber mais sobre esse ser humano ímpar,clique na foto acima.
Mas para saber realmente quem é e entrar em um universo de sons rapidos, tensos , pesados, eróticos e algumas vezes de uma sacanagem maliciosa e deslizante, clique na ilustração abaixo.

Cool Blues


Moose the Mooch





Ficam algumas amostras não só do jazz em seu momento mais puro e nunca lapidado por vontade do próprio músico que, creio que assim como eu( elevando meu ego a 3ª potência), tinha suas aversões a quase todos os tipos de mudanças.
Visceral . É , com certeza, a única palavra de meu vocabulário que encontro para descrever o que entra pelos poros quando de uma audição.

Mas que me perdoem todos, pois KoKo é dedicado a Mylady Elspeth com seus movimentos ofídicos enquanto me vejo perdido como um colegial.

Ko ko




sábado, 20 de junho de 2009

Como posso tomar mais...

...se ainda não tomei nenhum?-perguntou Alice para a Lebre de Março.
-Bem, nao podes é tomar menos então...-respondeu a Lebre servindo-se de mais chá.


Pode ser que a luz acabe por aqui.
Pode ser que o aqui não exista.
Não exista luz.
Nem aqui.
Mas não cabe a mim decidir.
Pedi mais tempo.
Perdi o que pedi.
Nunca haverá um bom dia para despedidas.
Nunca haverá um bom dia?
Ou pedido de desculpas das inocências minhas.
Bom era o tempo da venda nos olhos e a parede rachada nas costas.
Nada era imprevisível .

Gosto do que foi dito aqui.
Nem sempre concordo comigo.
Nem discordo com tudo.
Mas me agradei em boa parte do tempo.

Terei que esperar para saber.
Nunca terminei muita coisa em meus dias.
E também, só talvez, não termine esse.

Pois se...
...acabasse aqui...
...estaria eu me contradizendo?

terça-feira, 9 de junho de 2009

Esperando o Chapeleiro e a Lebre de Março!

1 Ano de Farol- Iluminando o breu!
Gostaria a principio, agradecer uns tovarishi que sempre me levaram pela mão devido minha cegueira digital,rs!
Blog como o Brabera no Talo que foi o primeiro blog que conheci na rede e fui excelentemente bem recebido com uma sequencia descabida de pedidos (rs!)que foram sempre atendidos, chegando mesmo a permitir que eu resenhasse esses pedidos.
Apartir desse local tenho a honra de agradecer pessoas como Caio BlackHammet, Ruptured ( velhos domingos de Underground Ways e filosofias de butequim via messenger),Ganja e seu GanjaCoreBlog (onde meus joelhos entendem o porquê doerem tanto,rs), HellRaiser e srta Mary em seus Estranhos Mundos ,o prof.Paulão e suas Atitudes e Opiniões ,principalmente no quesito metal Nacional.
Tem mais gente no suporte e agradeço aos que eu não citei aqui.
Para minha pequena Maria e para Milady Elspeth o meu sincero agradecimento por terem nascido!
Como passei o dia todo brigando com a rede e não consegui upar o que queria para comemorar o aniversário do blog , tive que optar por um plano B.
Ai me lembrei de algo que vi em um blog a algum tempo atrás. Achei que seria interessante e seria uma forma de trazer outros blogs para festa. Soma-se a isso uma completa falta de inspiração, e temos uma postagem bacana!
Como não mandaram, nem fui convidado por nenhum blog, começo eu mesmo com essa idéia muito instrutiva de Meme .
Essa tarde separei alguns livros que tinha em casa e fotografei-os . Pelo estado em que se encontram fica visível minha predileção por sebos. Nenhum deles sofreu abuso durante sua estadia em minha humilde residência,rs! Não há raridades e estou longe de ter todos os que gostaria. Alias na foto há apenas um pequena parcela de minha biblioteca que não é exatamente grande. Mas eclética até o osso! O que não der para ler , é só perguntar, rs!






Como participar?
É só fazer um post com uma foto de seus livros e passar a idéia para outros 5 blogs, que, por sua vez, também repassam para outros cinco :)

Porque participar?
Para falar sobre livros. Mostrar e descobrir livros. Estimular a leitura. Melhorar as relações entre os blogs amigos. Interagir. Saber mais sobre as pessoas por trás de seus blogs.

O que é meme?
Na teoria, é um termo criado por Richard Dawkins em 1976 para designar uma unidade de evolução cultural que pode de alguma forma autopropagar-se. Hoje, o termo foi apropriado pelos blogs e é utilizado apenas como uma idéia ou proposta de ação que é passada adiante, e que ajudam a relacionar blogs, como uma conversa.

sábado, 30 de maio de 2009

COMBATE À PEDOFILIA

Post original do blog "Taverna do Barbaro". Um sem numero de pessoas dizem não passar de "teorias conspiratórias" ou "sensacionalismo". Prefiro não correr o risco de omissão dentro desse assunto. Recomendo uma visita aos links na postagem.
Ao Barbarian da taverna o meu obrigado de ser humano e pai.


COMBATE À PEDOFILIA
Acabo de receber por email o seguinte alerta, que acho muito significativo postar aqui para informar aqueles que têm interesse e disposição a denunciar e punir a pior escória sub-humana que existe no mundo, e se espalha que nem febre tifóide na net: PEDÓFILOS.

E não pensem vocês que essa porra se espalha apenas pelos níveis sociais mais baixos, como antigamente era noticiado; atualmente estão sendo mostrados publicamente casos de indivíduos de alta renda e posição social que cometem essas atrocidades, afinal é difícil pegar safado rico, mas com determinação da sociedade, um dia pega.

Desconheço a autoria do texto - o autor queira nos desculpar pela reprodução mas achamos útil.

"O FBI produziu um relatório em Janeiro sobre pedofilia. Nele estão colocados uma série de símbolos usados pelos pedófilos para se identificar. Os símbolos são, sempre, compostos pela união de 2 semelhantes, um dentro do outro. A forma maior identifica o adulto, a menor a criança. A diferença de tamanho entre elas demonstra a preferência por crianças maiores ou menores.





Homens são triângulos, mulheres corações. Os símbolos são encontrados em sites, moedas, jóias (anéis, pingentes,...) entre outros objetos.
O link abaixo leva a uma copia do relatório onde os símbolos são mostrados. Acho os pedófilos a pior escoria da humanidade e conhecer esses símbolos para poder identificar essas pessoas e o mínimo que podemos fazer. Ao encontrar um símbolo desses, avisar a policia.

Os triângulos representam homens que adoram meninos (o detalhe cruel é o triângulo mais fino, que representam homens que gostam de meninos bem pequenos); o coração são homens (ou mulheres) que gostam de meninas e a borboleta são aqueles que gostam de ambos. De acordo com a revista, são informações coletadas pelo FBI durante suas vasculhadas. A idéia dos triângulos e corações concêntricos é a da figura maior envolvendo a figura menor, numa genialidade pervertida de um conceito gráfico. Existe um requinte de crueldade, pois esses seres fazem questão de se exibirem em código para outros, fazendo desses símbolos bijuterias, moedas, troféus, adesivo e o escambau. Infelizmente, é o design gráfico a serviço do mal.

CASO VEJA EM ALGUM CANTO, DENUNCIE!!!!!!!!!"

Você pode baixar um documento do FBI com mais detalhes a respeito dessa simbologia AQUI.

NOTA - É doença mental? É. E entre as mais perigosas. Segundo essa matéria interessante da CBC News, que apresenta um estudo da Toronto Centre for Addiction and Mental Health, é deficiência cerebral. Choque na cabeça da galerinha porra!!!!

terça-feira, 5 de maio de 2009

Cartunismas Humanistas-Pacifistas,Uni-vos!

Há algum tempo uma grande amiga , que participa da Marcha Mundial Pela Paz e a Não Violência , me perguntou se eu não gostaria de desenhar algo relacionado com a Marcha.
Minha primeira sensação foi de medo. Sabe aquela angustiazinha de " num consigo"? Pois é.
Acredito que em nenhum momento falei com convicção: "Mãos à obra!"
Mas plugei o tablet e esperei as bençãos de Alan Moore, John Byrne,Frank Miller , Will Eisner, Moebius, Bill Sienkiewicz, John ou Sal Buscema e até mesmo Maurício de Souza pairassem por alguns instantes sobre minhas humildes mãos.
Sei que nenhum deles nem passou por perto.
Ficou a responsabilidade para que eu mesmo o fizesse.
E assim começou meu primeiro trabalho feito por encomenda.
Após um copiar-colar da logomarca da Marcha, e ainda inseguro, comecei a brincar com o Paint (isso mesmo, não riam!). Inverte e distorce, arrisquei alguns rabiscos por cima e achei ter encontrado uma posição ideal.Esse skate insistia em ficar tacanho que gostei do modo como ficou ,sob o pé esquerdo, com mais movimento do que na mão.

A hora exata do :"É isso!"
Ai começa a tristeza de encontrar uma arte final definitiva.
42 !

Daqui para frente tem inicio a procrastinação advinda do medo de errar. Uma vontade doida de salvar em alguma pasta obscura dentro do PC e torcer para que ninguém veja.
Insegurança era a palavra de ordem.


Não me recordo ao certo qual foi o tempo de execução ,mas a semente foi plantada em 11 de março desse ano. Parei por varias vezes e por um sem-número de motivos.

O mais bacana para mim foi que, mesmo entre os espaços que foram dados entre um esboço e outro a ideia inicial se manteve quese intacta, o que me fez pensar sobre como estava o mais fiel possível do que eu queria fazer quando dos primeiros riscos. Estou tremendo ainda , mas gostei muito do produto final. Reconheço meu amadorismo, mas me senti bem ao termina-lo e ao entrega-lo.
Me sinto bem postando ele aqui.
Então acredito que eu tenha mesmo razão.Talvez tenha ficado bom mesmo.
E ,como eu diria ao terminar algum desenho aos 11 ou 12 anos:
"Ficou MASSA, cara!"
Ei-lo: